Casamento Real – Adriana Franceschinelli e Alexandre

Meninas,
 
Vamos começar a terça-feira com um casamento lindo de uma noiva muito querida que nos deu o prazer de fazer seu lindo vestido! A Adriana, além de linda é uma super fofa, para o grande dia ela escolheu um vestido lindo em renda off-white, com um decote generoso nas costas, um modelo hiper romântico e a carinha dela. Já vimos o vestido dela aqui, agora seguem as fotos oficiais. Sobre o casamento ela conta mais pra gente…
 
“Nós casamos em um domingo, 30-set-2012, as 11:30 da manhã e o dia estava simplesmente incrível! Um céu azul, temperatura agradável e o local maravilhoso!
 
O making of foi no Hotel Vitoria em Indaiatuba e o Charles e o Rubinho que me deixaram lindona!! Certamente fui uma das últimas noivas do Rubinho, isso se não fui a última mesmo =(
 
Eu sempre quis uma decoração simples, e neutra, então escolhi verde e branco. Na mesa do bolo queria um pouco mais de cor, então colocamos as orquídeas, forminhas de doces coloridas e as bolas de flores que eu acho lindo!!
 
Como eu sou pequena, não poderia utilizar arranjos muito grandes na igreja, senão eu iria desparecer nas fotos!! rsrsrs…. Então ficou tudo bem clean, mas super bonito. Com cara de domingo de manhã…
 
O detalhe é que entrei na igreja com a porta aberta. Como para fechar a porta da igreja precisava enrolar o tapete, optei por não fechar a porta, e foi bem legal!
 
O vestido eu nem preciso comentar né? Era incrível! Do jeitinho que eu queria! Foi muito legal ouvir as pessoas dizendo que eu tinha acertado na escolha do vestido, que ele tinha a minha cara!
E o noivo aprovou, porque não conseguia tirar os olhos de mim a cerimônia toda =)
 
O noivo não queria usar aqueles fraques especiais, e ficou muito feliz por eu deixar ele escolher a roupa dele. Não tinha mesmo porque ele usar, não combina com o estilo dele, ele não se sentiria a vontade e então escolhemos um terno cinza claro e ele ficou gato =)
 
As vezes a noiva quer controlar tudo, quer que tudo sai do jeito dela, e esquece de considerar a opinião do noivo. Na medida do possível a gente tem que lembrar que se chegou o dia do nosso casamento, é porque existe um noivo né? Rsrs… Nada como deixar ele curtir também!
 
E o mais importante é o que a benção que o casamento representa! Claro que queremos ter uma festa linda, uma roupa linda e fotos maravilhosas, mas o sentimento, o momento em que recebemos a benção de Deus, este é único e eterno!
 
15 dias antes do nosso casamento, um dos nosso padrinhos, praticamente um irmão, sofreu um grave acidente de moto e infelizmente veio a falecer. A dor foi enorme e ainda hoje é. A morte do Felipe, me fez ver o dia do meu casamento com outros olhos. Claro que estava muito emocionada, mas também me trouxe muita serenidade.
 
O Felipe é insubstituível, assim como cada padrinho escolhido. Então a nossa madrinha entrou na igreja, sozinha, com uma rosa branca nas mãos. Foi emocionante! Em nenhum momento passou pela nossa cabeça colocar outra pessoa no lugar. Os padrinhos tem que ser escolhidos pelo que eles representam, e não para fazer número ou ficar bonito na foto, na minha opinião.
 
O casamento foi show!! A festa foi demais, tivemos bateria de escola de samba e nos divertimos absurdamente!!
 
O casamento a noite tem todo o seu glamour, mas se eu fosse casar de novo, casaria de dia! Foi demais…. as fotos dizem por si mesmas!
 
Desculpe pelo email gigante, mas são tantas coisas para contar!!
 
Seguem os créditos:
Local da Cerimônia e Recepção: Helvetia / Indaiatuba
Fotógrafa: Valéria Gonçalvez – www.valeriagoncalvez.com.br
Decoração – Carminha Helvetia
Buffet – Próprio Helvetia
 
Beijos, Adriana!”
 
 

 
Agora me falem, o que é linda essa última foto? Eu amei cada detalhe tão bem escolhido, e a carinha dela. Ficou tudo lindo demais, de muito bom gosto e bastante chique. Acho uma inspiração ótima para nossas noivinhas de plantão!
 
Adriana obrigada pelas palavras e carinho, por dividir aqui com a gente esse dia tão especial e cheio de alegria. Desejamos para vocês toda a felicidade desse mundo e muito amor!
 
A Baroneza